Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Maceió - Alagoas

 

 Maceió - Capital de Alagoas. O verde contagiante dos coqueiros que dominam toda a orla praiana pode ser apreciado de longe, em uma das jangadas de velas coloridas que levam você às famosas piscinas naturais formadas na praia da Pajuçara. Museus, teatros, igrejas, bairros, históricos, artesanatos, gastronomia diversificada completam esse cenário inesquecível.

Maceió, cidade com 40 Km de litoral e 22 Km de lagoa e canais, desperta paixão pelas belezas naturais, culturais e históricas.

Belíssimas praias de mar que tem tonalidades que oscila do azul e verde, com piscinas naturais a 02 km da costa.

MaceióPraias emolduradas por coqueirais, um realce à ornamentação natural das paisagens. O coqueiro é expressivo na cultura e na história de Alagoas. Contribui com o desenvolvimento econômico; faz parte da culinária típica, tem representatividade no artesanato e na tradição popular.

Maceió passou a ser capital de Alagoas em 1839.  Hoje com aproximadamente Um milhão de habitantes; ocupa uma área de 511 mil Km quadrados, e uma temperatura média é de 26 graus centígrados.

 Maceió foi proveniente de um engenho de cana-de-açúcar que tinha o nome de Maçai-ok, no século 18, daí a origem do nome que significa “o que tapa o alagadiço”. 
Os revitalizados bairros de Jaraguá e Centro preservam um conjunto arquitetônico, acervos e originalidade de uma época que retratam a história da cidade.

MaceióJaraguá, Tombado pelo Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Alagoas, representa o berço da história e desenvolvimento de Maceió. O cenário conserva a imponência de uma época através de seus armazéns, casario e igrejas. É um bucólico bairro que nos faz viajar no tempo.

O potencial cultural, representado nas manifestações folclóricas, diversificado artesanato, excelente rede hoteleira, restaurantes nacionais e internacionais, Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, Centro Cultural e de Exposições e o Porto de Jaraguá, associados aos serviços de qualidade, fazem parte da infra-estrutura turística que satisfaz as expectativas de quem visita Maceió.

Maceió tem o Pontal da Barra, bairro que abriga uma comunidade de pescadores e artesãos as margens da Lagoa Mundaú.

O artesanato, exposto nas portas das casas, é confeccionado pelas rendeiras, que tecem o Filé, renda tipicamente alagoana e ocupa importante posição na economia da comunidade.

Na Lagoa Mundaú os pescadores retiram o sururu, um molusco que se destaca na gastronomia alagoana.

O local é ideal para passeios de barcos que entre ilhas navegam indo em direção ao encontro com o mar.

PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS:

Praia de Pajuçara A maior atração é o passeio de jangada até a piscina natural que se forma durante a maré baixa entre bancos de areia e arrecifes, a 2 km da costa. Mais de 200 jangadas se concentram diante do hotel Pajuçara Othon e levam os turistas até o local, que chega a medir 200 metros de comprimento e 25 metros de largura. Nos fins-de-semana, Pajuçara ganha bares flutuantes nas jangadas que servem bebidas e tira-gosto. 

Praia de Ponta Verde - Praia de mar calmo e águas cristalinas, muitos coqueiros e arrecifes de coral que formam piscinas bem próximo à areia. Ponto de encontro dos jovens da cidade.

Praia Jatiúca - Mar verde de ondas fortes. É a preferida dos surfistas.

Praia de Pratagi - Também é chamada de Mirante da Sereia porque tem uma estátua de sereia em suas areias. Coqueiros e piscinas naturais.

Pontal da Barra - No final da restinga de Maceió, no extremo sul da cidade, no encontro das águas da lagoa Mundaú e do Atlântico. Praia selvagem, mar forte, correntezas e belíssimo pôr-do-sol.

Mirante de São Gonçalo - Praça Rosalvo Ribeiro, s/n. Fica no bairro do Farol, na parte mais alta da cidade, e tem a vista mais bonita dos bairros, do porto e da praia de Sobral.

TURISMO CULTURAL:

Catedral de N. S. dos Prazeres Catedral de N. S. dos Prazeres - Praça. D. Pedro II. Com planta do arquiteto francês Auguste Montigny (o mesmo que projetou a Candelária, no Rio de Janeiro), foi inaugurada em 1859 na presença de d. Pedro II e sua esposa, Tereza Cristina. O altar-mor é de cedro. A capela do Santíssimo Sacramento tem detalhes renascentistas. A igreja virou catedral metropolitana em 1900 por decisão do papa Leão 13.

Igreja Bom Jesus dos Martírios - Praça Floriano Peixoto, s/n. É de 1881. Sua fachada é recoberta de azulejos portugueses com desenhos azuis. No interior, destaque para oito lustres de cristal que iluminam a igreja. Fica diante do palácio do governo.

Igreja N. S. do Livramento - Rua Senador Mendonça, s/n. Arquitetura neoclássica do início do século passado. No teto da nave, uma grande pintura da Imaculada Conceição. 

Teatro DeodoroTeatro Deodoro - Principal teatro da cidade,  inaugurado em 1910 com arquitetura em estilo neo-clássico. Localiza-se na Praça Deodoro, Centro.

 

Associação Comercial de MaceióAssociação Comercial de Maceió - Rua Sá e Albuquerque - Jaraguá - Restaurado recentemente, o prédio da Associação Comercial foi fundado em 1928. Suas características arquitetônicas são de um autêntico neoclássico. Destaque para as belíssimas colunas greco-romanas.

Museu Théo BrandãoMuseu Théo Brandão - Belíssimo palacete na praia da Avenida, com grande acervo folclórico da cultura popular alagoana.

 

 

Museu de Arte Sacra Pierre Chalita - Praça Mal. Floriano Peixoto, 44. Tel. (82) 223.4298. Seg-sex 8h-11h e 14h-17h. Acervo de imagens e quadros de arte sacra e profana dos séculos 17, 18, 19 e 20, de artistas brasileiros e internacionais, entre as quais o "Nascimento de Vênus", de Guido Reni , "Ressurreição de Cristo", de Rafael Sanzio, uma "Madonna" atribuída ao ateliê de Leonardo da Vinci, além de pinturas creditadas a Tiziano e Caravaggio.

PASSEAR

Lagoa Mundaú - Vários saveiros fazem o passeio pela lagoa e navegam entre os canais formados por suas nove ilhas até a Barra Nova, onde a lagoa se encontra com o mar. Os pescadores podem ser vistos em canoas ou caminhando pelas áreas mais rasas à cata de crustáceos que vivem na lama do fundo da lagoa e são especialidades da culinária de Maceió - caranguejo, sururu, massunim, taioba.

COMPRAR

Artesanato em madeira, cerâmica e palha na Feirinha da Pajuçara, e os trabalhos das  rendeiras no Pontal da Barra.

Localização Cidade Litorânea Turística - Capital do Estado de Alagoas.
População796.842 habitantes (2000)
LimitesParipueira, Flexeiras, Satuba, Coqueiro Sêco, Santa Luzia do Norte, Marechal Deodoro, Messias, Rio Largo e Oceano Atlântico
EconomiaIndústria, comércio e serviços
Habitante Maceioense
Temperatura média anual25ºC
Área512,8 km²
Altitude16 m
Divisão AdministrativaMaceió- sede, Fernão Velho e Floriano Peixoto.
Distância de Brasília1.908 km
Código DDD82
CEP57000-000
Data da fundação 5 de dezembro de 1815

 

- O abairramento de Maceió

- Cultura de Maceió

- O GOGÓ-DA-EMA


Mapa do Site  |  Política de privacidade